A população de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, foi a contemplada para a última edição da Ação Comunitária, movimento organizado por várias entidades islâmicas.

Foram quatro edições, uma em cada domingo do mês de Ramadan. As anteriores aconteceram nos bairros Grajaú e Cidade Tiradentes, ambas na cidade de São Paulo, e na cidade de Guarulhos e reuniram cerca de 75 mil pessoas.

Segundo os organizadores, a atividade em São Bernardo foi a maior de todas. Apesar do frio repentino e da garoa, milhares de pessoas foram ao antigo Clube da Ford, no Bairro Alvarenga, um dos mais populosos da cidade. A principal diferença em relação às demais edições, foi o apoio e participação da Prefeitura de São Bernardo, que incluiu o evento na agenda oficial de comemorações dos 457 anos da cidade.

Parceria com a prefeitura

O prefeito da cidade, Luiz Marinho, participou do evento e declarou que é uma ação importante entre o poder público e a comunidade islâmica, que além de beneficiar os moradores da cidade, contribui para informar a população sobre a cultura, a religião, e o trabalho desenvolvido pelos muçulmanos. “Esse evento e o trabalho de conscientização são importantes para corrigir a desinformação que chega a população. São Bernardo, como o País, é formada por muitas culturas e religiões que vivem em harmonia, e o islamismo é uma delas”. Ainda segundo o prefeito, “esta ação é importante para que as pessoas tenham a oportunidade de conhecer e ter contato com a cultura Islâmica, solidariedade e generosidade unidos em um só espaço. A prefeitura está sempre trabalhando para uma cidade melhor e este é mais um serviço aos munícipes, que incrementa as políticas publicas feitas em São Bernardo, com educação, saúde, esporte e cultura”.

Luiz Marinho visitou todos os stands com opções de atividades que atenderam crianças, jovens e adultos. Transitou pelo espaço troca livros, cumprimentou as equipes das diversas secretarias que prestavam atendimento à população e conversou com jovens que apresentavam temas relacionado à cultura islâmica. Dentro do espaço destinado a saúde aproveitou para checar a glicemia no sangue, que estava normal.

Plantio de árvore

Acompanhado por representantes da União Nacional das Entidades Islâmicas, o prefeito plantou um cedro no centro da praça do clube, árvore símbolo nacional do Líbano, principal origem das famílias muçulmanas de São Bernardo.

Números impressionantes

Além do grande público, o evento contou com números que impressionam: foram 40 stands montados pela União das Entidades Islâmicas e 26 pela Prefeitura. Para atender tanta gente, 250 voluntários atuaram durante todo o dia. Foram oferecidos serviços de saúde (prevenção ao câncer de mama, diabetes, hipertensão, colesterol, hepatite C, exame de visão, apoio odontológico e orientação psicológica), estética, corte de cabelo, advogados, orientação previdenciária, pintura de rosto, escultura de bexigas, algodão doce, pipoca e um parque de brinquedos infláveis.

Dois stands tiveram destaque muito especial: voluntários do CDIAL e de outras entidades apresentaram o Islam à população e distribuíram livros e folhetos. Para o senhor Antônio Silveira, 42 anos, as explicações foram surpreendentes: “eu sempre achei que só os árabes poderiam ser desta religião. Aqui, eu vi brasileiros e até gente de outros países que são muçulmanos. Mais um motivo para eu me aprofundar sobre o assunto, já que eu sempre respeitei e tive curiosidade sobre o islamismo”.

Criançada fez a festa

Brinquedos gigantes, carro e barco da Guarda Civil Municipal, brincadeiras populares, como pula-corda e futebol de botão, circuito de bicicleta e atividades com monitores da Secretaria de Educação: não faltou alternativa para a meninada!

A dona-de-casa Iris Trindade Nakamura aproveitou a oportunidade para levar os dois filhos, Cecília, de nove anos e David de quatro anos, para conhecer a cultura e conhecer as atividades. “Acho importante trazer meus filhos para conhecer outra cultura e aprender a doar-se aos outros, como vemos acontecer aqui. Este contato é muito importante para a formação social das crianças”, disse. Já a filha, afirmou que não queria perder nenhum momento para brincar. “O pula-pula está aprovado, agora vou aproveitar os outros brinquedos”, garantiu Cecília.

Outro espaço que chamou muita atenção da garotada foi o stand do Departamento de Controle de Zoonoses, da Secretaria de Saúde.

Ali, cobras, ratos, aranhas e morcegos chamavam a atenção dos pequenos, o que possibilitou a intervenção pedagógica dos membros da Secretaria na orientação de todos. 

Já a Secretaria de Transportes organizou um circuito de bicicletas, onde as noções básicas sobre trânsito foram apresentadas.

Um momento muito especial

Filas para atendimento, crianças correndo de um lado para o outro, sirene da viatura da GCM disparada pela meninada. O clima era de uma grande festa. De repente, as centenas de pessoas que se concentravam no ginásio do Clube da Ford, pararam e se concentraram em uma direção: era o sheikh fazendo o athan, o chamado à oração. A surpresa dos presentes era visível e muitas pessoas emocionaram-se. Logo depois, os muçulmanos seguiram para um outro espaço, devidamente preparado para que as orações fossem realizadas.

Vale destacar que, mesmo em jejum, os voluntários muçulmanos mantiveram firmes a atenção aos participantes e os sorrisos sempre estampados em suas faces.

A intenção dos organizadores é realizar a próxima Ação Comunitária no Ramadan do ano que vem, mas desta vez em praça pública.

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

Slider image

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here